Últimas

6/recent/ticker-posts

Virtual, 75ª Assembleia Geral da ONU volta-se à recuperação pós-pandemia

Impactos sociais e econômicos deixados pela pandemia da Covid-19 serão o assunto principal desta edição da Assemble

Por A Referência

A Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) desde ano marca os 75 anos da instituição nos escombros dos impactos sociais e econômicos deixados pela pandemia da Covid-19. Ali, pensar a recuperação é a pauta dos líderes dos 193 países-membros.


Nessa terça (15), primeiro dia da Assembleia, os discursos miraram as saídas para uma recuperação da crise mais efetivo. Conforme o presidente do encontro, Volkan Bozkir, o pós-pandemia será central no encontro de 2020, virtual pela primeira vez na história.


Logo no início da manhã, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, reafirmou que este é um momento decisivo para todos os países.


“Temos a oportunidade de reduzir as desigualdades e injustiças que a pandemia expôs e agravou, e a responsabilidade de construir um mundo melhor para todos”, disse.

 Guterres afirmou que a ONU, embora não seja perfeita, incorpora um forte compromisso com a promoção da paz e dos direitos humanos. A solidariedade, segundo ele, é uma demanda mais necessária que nunca.


Um exemplo é a produção e disponibilização universal da vacina contra a Covid-19. “Tão importante quanto trabalhar junto é proteger os mais vulneráveis ​​e reduzir as desigualdades agravadas pela pandemia”, pontuou.


Neste ano, o maior conselho deliberativo da ONU acontece 100% online pela primeira vez . As reuniões se estendem até o dia 1º de outubro, com diversas reuniões entre líderes dos 193 países-membros.


O ponto alto da Assembleia, principal encontro da diplomacia global, é a série de discursos dos presidentes e chefes de Estado, que falam na próxima terça, 22 de setembro.

Postar um comentário

0 Comentários