Últimas

6/recent/ticker-posts

Professores decidem manter greve contra atividades presenciais, no Rio

 Decreto do governo estadual libera retorno das aulas no dia 13



Publicado em domingo, 6 Setembro, 2020 - 16:41 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

Professores da rede particular do Rio de Janeiro decidiram manter a greve contra o retorno das atividades presenciais nas escolas neste momento. A decisão foi tomada em assembleia virtual da categoria nesse sábado. Na rede pública, a chamada "greve pela vida" também se mantem, mas está sendo questionada pelo governo do estado na Justiça. 


O presidente do Sinpro-Rio, sindicato que representa os educadores da rede particular, Osvaldo Teles, fala que a falta de orientações científicas claras sobre a segurança do retorno presencial fez com que os professores decidissem manter a recusa de retornarem às escolas neste momento.


Nesse sábado, o governo do estado publicou um novo decreto regulamentando as atividades liberadas na pandemia. As aulas presenciais continuam suspensas pelo menos até o dia 13 de setembro. Ainda na última semana, a Secretaria de Educação anunciou, que a partir do dia 5 de outubro, as escolas situadas em municípios classificados como sendo de baixo risco de contágio pela covid-19 vão abrir para que estudantes que não tenham acesso à internet participem das atividades propostas.


Em uma audiência de conciliação realizada no ultimo dia 3, entre o Sepe, o Sindicato dos Professores da Rede Pública, e a Secretaria de Educação, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio de Mello Tavares, deu um prazo até o dia 1º de outubro, para que as partes cheguem a um acordo.

Postar um comentário

0 Comentários