Últimas

6/recent/ticker-posts

Explosão suspeita em gasoduto provoca apagão elétrico na Síria

 Ataque terrorista pode ter sido causa da explosão, mas nenhum grupo assumiu autoria. Três cidades no sul do país tiveram energia cortada

Por R7 Notícias


Uma explosão de origem desconhecida em um gasoduto localizado a nordeste de Damasco causou um apagão de elétrico na Síria e os primeiros indícios oficiais apontam para um "ato terrorista", segundo a agência de notícias oficial Sana.

O ministro do Petróleo e Recursos Minerais, Ali Ganem, disse à televisão síria, citado pela Sana, que "o principal gasoduto que fornece eletricidade para a parte sul do país sofreu uma explosão que poderia ter sido causada por um ato terrorista", sem dar mais detalhes.

O gasoduto

O gasoduto árabe, que circula entre Egito, Jordânia e Síria, está localizado entre as cidades sírias de Al Dumayr e Adra, a nordeste da capital Damasco.

De acordo com Ganem, esse gasoduto, com capacidade de 7 milhões de metros cúbicos de gás, abastece as estações Deir Ali, Tishreen e Nasiriyah, na região sul, que atualmente se encontram fora de serviço por conta da explosão.

De acordo com a agência de notícias, que mostrou imagens do incêndio, bombeiros e equipes da Defesa Civil apagaram o fogo após quase uma hora.

Por sua vez, o ministro da Eletricidade, Mohammad Zuhair Kharboutli, disse que a energia elétrica está retornando parcialmente às províncias sírias, incluindo o centro de Damasco.

"A energia foi restaurada em algumas instalações vitais importantes em Damasco, como hospitais e alguns bairros residenciais, bem como um retorno parcial nas província de Homs, Hama e na zona costeira", afirmou.

No mês de janeiro, bombas submarinas colocadas na costa síria de Tartus explodiram e danificaram instalações petrolíferas utilizadas para bombear petróleo para uma das duas refinarias do país, de acordo com a mídia estatal.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade por este ataque, bem como por outras ações realizadas no final do ano passado, incluindo uma contra uma refinaria na província central de Homs.


Postar um comentário

0 Comentários