Últimas

6/recent/ticker-posts

Enem 2020 terá atendimento especial para 47 mil candidatos

Entre eles, pessoas com deficiência visual, gestantes e lactantes
 Edição: Lana Cristina- EBC

O Enem 2020 deve contar com atendimento especial para mais de 47 mil alunos. Entres eles, pessoas com deficiência visual, que terão acesso a um programa que possibilita a leitura de textos na tela do computador. O balanço é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), instituto ligado ao Ministério da Educação, responsável pelo seletivo.


O atendimento especializado também inclui gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar e outras condições específicas. Foram quase 55 mil solicitações de atendimento especializado para as provas, desse total, 47.847 participantes receberam o aval do instituto.


Alunos com baixa visão que tiveram seus pedidos aceitos, poderão levar no dia das provas, materiais como caneta de ponta grossa ou lupa. Gestantes e os idosos podem escolher recursos como sala de fácil acesso e apoio para pernas e pés.


O estudante internado em hospital poderá fazer as provas no local onde faz o tratamento. As lactantes, os autistas e deficientes auditivos terão tempo extra para fazer o exame.


No caso de surdez, o estudante terá e acesso a tradutor-intérprete de Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Já aqueles com deficiência física terão sala de fácil acesso, além de mesa e cadeira adaptadas.


Travestis e transexuais poderão escolher o banheiro que desejam utilizar no dia da aplicação do exame. O Enem de 2020 será realizado em janeiro e fevereiro do ano que vem.

Postar um comentário

0 Comentários